sexta-feira, 3 de agosto de 2012

Tensão pré-TCC



Droga de TCC. Onde está... pronto! “Adaptação cinematográfica”, mas onde estava com a cabeça quando escolhi este tema? Deixa pra lá. É só concentrara que sai. Vamo lá. Introdução? Não, vou aproveitar o que eu já fiz no projeto. Vou começar por onde interessa. Cadê o fichamento do Mascarello? Tá aqui aquele artigo legal. Não entendo como eles conseguem publicar estas merdas. Bem, fazer o quê né? “Há muito tempo as adaptações são um... um... um...”, caramba! Que diabo de música é esta? Pronto! Janela fechada, sonzinho irritante terminado, agora sim. Pô, to que nem aqueles filmes do Buster Keaton e do Gordo e o Magro, nunca consigo começar a fazer o que quero. Mas aquele do piano, como é que chama mesmo? Ah, Entrega a domicílio. Engraçado pra caralho. Foda. Bom, mas aonde eu estava... Quem será que inventou que para se formar tem de fazer TCC? Deve ter sido aqueles nerds do tempo do onça. Voltando! Eu poderia falar da primeira adaptação, qual foi mesmo? Vinte mil léguas submarinas? Tem que ver naquele livro de novo. Pelo menos a melhor eu sei, com certeza é O Poderoso chefão. Também o roteiro foi escrito com a ajuda do autor. E o Marlon Brando com aquela bochechona, a melhor atuação que eu já vi. Meu deus! Não consigo concentrar. Já sei o que eu vou fazer. Vou assistir este Taxi driver e depois me viro.