segunda-feira, 9 de julho de 2012

Pretérito imperfeito


Queria ter sido Judas e ter recusado aquelas moedas

Queria ter sido Airton Senna e ter freado antes da Tamborello

Queria ter sido Hitler e ter desistido de todos os planos

Queria ter sido Armstrong e ter contado a verdade sobre a lua

Queria ter sido Pier Angeli e ter me casado com James Dean

Queria ter sido Lee Harvey Oswald e ter errado o tiro

Queria ter sido Michael Jackson e ter feito um tratamento

Queria ter sido Stanley Kubrick e ter recusado dirigir Spartacus

Queria ter sido Isaac Newton e ter ignorado a maçã

Queria ter sido João Goulart e ter evitado o golpe militar

Queria ter sido John Lennon e ter ficado em casa aquele dia

Queria ter sido Daniela Perez e ter falado com a polícia

Queria ter sido Barbosa e ter defendido o chute de Gighia

Queria ter sido Albert Einstein e ter esquecido a teoria da relatividade

Queria ter sido Raul Seixas e ter parado de beber

Queria ter sido meu pai e ter para de fumar aos vinte anos

Queria ter sido Eva e ter dito não à serpente

Queria ter sido várias pessoas e ter mudado o mundo

Mas provavelmente não estaria aqui agora

O que aconteceu não pode ser desfeito

Melhor assim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário