segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

À flor da pele



E decidiu provar para todos que estavam errados. Não era a pessoa estressada que diziam e nem dava chiliques. Ora bolas. Sua esposa sempre o repreendendo, o que são alguns pratos? Aproveitou o dia de folga dado pelo seu patrão, “para relaxar”, disse com aquela cara de bosta que o deixava ainda mais antipático. Queria ver dar aquele sorriso de canto de boca se lhe desse um ..... Pronto, parei. Não preciso ficar irritado. Pegou a vassoura e resolveu limpar a casa. Maldita mesa, devia ter comprado uma maior. Pronto, tudo limpo, ou quase, tá certo, tava uma merda. Deu de ombros, não iria se estressar. Sentou-se para ver TV. O enfado posou lhe aos olhos, nada de bom nos canais abertos, este filme já vi, pra quê pago esta porra de assinatura se os melhores filmes passam de madrugada? Colocou nos esportes. Segunda-feira, só tem futebol americano, inferno, futebol jogado com a mão não é futebol. Americanos estúpidos. Desligou a TV. Comeu o resto do almoço de domingo, bebeu um refrigerante quase sem gás. Vídeo-game, quanto tempo. Nível médio, perdeu. Nível fácil, perdeu. Meteu o dedo no botão e desligou. Respirou fundo, tô destreinado. Sua mulher ligou, está tudo bem? Claro, o que daria errado? Pegou seu computador, problemas com o sinal wi-fi. Diabos. Pegou o MP3, sem bateria, onde está a droga do carregador? Não achou. O estômago começou a queimar, foi o refrigerante. Vou jogar bola com o pessoal. Abriu a janela e havia começado a chover. Vou voltar para a TV, deitou no sofá, a energia acabou. Começou a tremer, pago caro e fica acabando a toa. Achou o Banco Imobiliário, jogando sozinho, sou o vermelho, quebrou, mas não aceitou. Jogou os dados, um caiu debaixo da mesa, abaixou-se, bateu com a cabeça. Inferno, por que não compramos uma maior. Faltava luz, não achou velas nem isqueiro. O estômago estava insuportável. Fechou os olhos, respirou fundo. Foda-se. Deu uma braçada na mesa, jogou tudo no chão. Pegou uma cadeira e atirou pela janela. Sentiu-se bem. Olá amor, recebeu a esposa com um belo sorriso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário