domingo, 19 de fevereiro de 2017

Sabe, não sei

Não sei se é por causa do sorriso límpido de alguma bobeira que faço;
Não sei se é por causa dos olhinhos levemente inchados após acordar;
Não sei se é por causa da felicidade que tem em abraçar sua cadela;
Não sei se é por que solta pum perto de mim e não disfarça;
Não sei se é por que adora acordar cedo e ir trabalhar;
Não sei se é por que está sempre me dando conselhos sensatos;
Não sei se é por que gosta de assistir musicais comigo;
Não sei se é por causa do seu dedão do pé engraçado;
Não sei se é por que adora conversar com seu avô;
Não sei se é por que não ri pra qualquer um;
Não sei se é por que faz cara de tédio quando começo a falar de coisas chatas;
Não sei se é por que torce para o Flamengo;
Não sei se é por que fala com vozinha de criança quando quer cafuné;
Não sei se é por causa que  implica comigo em um sábado à tarde;
Não sei se é por que não consegue ver filme de cachorro sem chorar;
Não sei se é por causa do seu chinelo do Mickey Mouse;
Não sei se é por que tem intolerância a lactose;

Enfim, tentei encontrar, porém não consegui. Não sei qual é motivo de te amar tanto assim, mas amo. E isso basta.

Parabéns para você e espero que continue com os mesmos olhos felizes do dia em que te conheci.

TE AMO!

Nenhum comentário:

Postar um comentário