sábado, 28 de novembro de 2009

VIVA O DIA DA CONSCIÊNCIA NEGRA!

Consciência Negra, a celebração de tudo que o negro conseguiu depois dos terríveis quatro séculos de escravidão e exploração. Agora a igualdade reina e a intolerância jaz no passado, nosso presidente Orlando Silva Júnior faz um excelente trabalho, e nas telinhas, Lázaro Ramos e Taís Araújo protagonizam a nova novela de Gilberto Braga no horário nobre. Nas telonas, Alexandre Rodrigues fatura nosso primeiro Oscar com sua incrível atuação no filme sobre Zumbi dos Palmares. Com o ensino público em situação digna, não há mais cotas e nem a humilhação de ter que apresentar exames de sangue para provar (ainda que visível a olho nu) que somos de fato negros, para assim ter a chance de cursar o ensino superior. Conseguimos mais representantes nos governos estaduais, municipais e também no senado, nas câmaras de deputados e vereadores, já são 42,3% das cadeiras políticas do Brasil. Os casais interraciais já não estarrecem a população, e seus filhos não são tratados com indiferença, são igualmente educados com carinho por professores preparados e bem remunerados. Temos proprietários e presidentes de empresas, além de gerentes, professores, apresentadores de TV, pintores, tenistas e pilotos de fórmula 1. Com a melhoria nas condições de vida, quase não há motivos para assaltos e assassinatos, e nós, antes erroneamente estigmatizados como bandidos por natureza,provamos que a maldade não tem cor. Os termos, piadas e jargões racistas não são ouvidos, e muito menos lembrados. O Brasil se tornou o país perfeito para se viver. Viva o Dia da Consciência Negra!
Na verdade, com toda essa utopia descrita, não se defende um Brasil bipolar com dois poderes étnicos, há apenas uma amostra de como é difícil imaginar a maioria dessas situações. O único sentimento presente nesse texto é o da esperança de que algum dia teremos, verdadeiramente, motivos para comemorar não só a consciência do ser Negro, mas também a do ser Humano.

Um comentário:

  1. Legal o texto. Acho que falta muito ainda para se comemorar esses dias. Os negros em geral ainda são vistos de forma preconceituosa, mas acredito que um dia mudaremos isso e seremos sim um país não-racista.

    Ah, a Taís Araujo está protagonizando uma novela em horário nobre ajksdhksajhdkjsa

    ResponderExcluir